Entrevista da Semana Fashion Revolution Curitiba: Dani Brito



Na nossa terceira entrevista, conversamos com a jornalista Daniela Brito, que afirmou sobre a importância do Fashion Revolution tanto no local como no global. Dani comentou que como iniciativa de entidades civis, o movimento mostrou uma maior capacidade de transmitir e propagar a mensagem em vários países.

Além disso, ela afirmou que o movimento foi o primeiro a “tocar em temas tão importantes e sensíveis na indústria da moda, como o trabalho análogo ao escravo, a poluição, a indiferença quanto à saúde dos trabalhadores”.


A jornalista relatou que “o movimento soube se adequar ao momento da pandemia e atuar como uma importante voz ao apontar a vulnerabilidade da indústria como a demissão em massa e outras chagas que impactam diretamente o lado mais frágil da cadeia, que são os trabalhadores”.


Sobre a Semana Fashion Revolution, Dani citou que em Curitiba a Semana tem sido uma importante voz que reflete demandas cada vez mais urgentes no universo da moda, e “tem mostrado capacidade de mobilizar os diversos atores da cadeira, sensibilizando o consumidor a medida do possível", finaliza a jornalista.


Você também pode participar da Semana Fashion Revolution Curitiba e ser um agente transformador da moda. Compartilhe e divulgue a campanha nas redes sociais, procure saber sempre: #QuemFezMinhasRoupas#Doquesãofeitasasminhasroupas#Acordequemfezminhasroupas.

#FashRevcwb

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo